quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

País dos anónimos

Em defesa do DN é o nome de uma nova petição dirigida à sociedade portuguesa e que se destina a defender este diário de 144 anos. Segundo os autores da referida '...a Controlinveste está a usar a crise como pretexto para levar a cabo uma reestruturação, longamente pensada, e que conduzirá ao despedimento, sem qualquer tipo de critério explicável, de 122 trabalhadores, dos quais mais de 60 são jornalistas do Diário de Notícias, JN, 24 Horas e O Jogo.

Dizem ainda os autores que ' É agora prática corrente a figura do “enviado notícias”, jornalista de um dos dois títulos em serviço no estrangeiro e que vê a sua reportagem publicada, ipsis verbis, em ambos, ainda ontem concorrentes, mesmo que integrados no mesmo grupo.'

Parece ainda que para os autores 'Os jornais do Grupo Controlinveste passarão a ser, não importa se sob uma ou várias marcas, veículos de um pensamento único'.

Só não percebi quem eram os autores. Será que neste país é tudo anónimo? Não há uma pobre alma que utilize o nome para defender as suas convicções?

2 comentários:

Orlando Castro disse...

Se fizer o favor de dar uma vista de olhos no meu blogue, entre outros sítios, verá que há quem dê a cara por esta e por outras causas.

Grato,
Orlando Castro

DC disse...

Consultei os seus blogues e vi que defendeu, e muito bem, a manutenção de alguns icones da comunicação social portuguesa como o JN e o DN.
Sou por esta, como por outras causas. E foi esse o motivo que me levou a procurar a petição. Fiquei apenas surpreendida pelo facto de uma carta aberta á sociedade portuguesa não estar assinada.
Cumprimentos
DC